Escravo das Paixões
Humano, demasiado humano
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos

Até o fim do mundo

 

 

Queira caçar Aurora Boreal na Islândia

Ou Austral em Ushuaia

Vamos ao fim do mundo

Estou aqui

Caso queira Skol litrão na calçada

Ou tremoço com pinga no boteco

Estou aqui

Talvez queira Tango em Puerto Madero

Ou milongas de Buenos Aires

Estou aqui

Se quiser um puro de Havana

Ou um palheiro em Trindade

Estou aqui

Se lhe agradar flamenco da Casapata

Sou filho de Madrid

Mas se quiser samba raiz

Nasci no morro da Mangueira

De Harley rota 66

Ou de uber pro Madame Satã

Tô dentro

Se quiser cogumelo de zebu

Sou São Tomé das Letras

Ventania desde criancinha

Se lhe apetece o deserto

Sou beduíno do Sahara

Discípulo do Alcorão

Ruta 5 do Atacama

Mojave e death valley

Se putaria lhe seduz

Nasci em São Paulo

Mas curto Amsterdã

O jogo te enfeitiça

Me criei em Vegas

Mas prefiro truco

Se quiser fado das mariquinhas

Ou chorinho carioca

Estou aqui

Aprecio sarapatel com caviar

Perfume francês

E cheiro de gente

Gosto mais de frio que calor

Quando é inverno

E aprecio mais calor que frio

Quando é verão

Se curte estrela

Sou céu

Se curte sol

Sou céu também

Se seus olhos brilham no metal

Sou Iron Maiden

Caso voe no vento

Sou Ayla Schafer

Se quiser amor

Vou ao fim do mundo

Estou aqui

Se quiser paixão

Não estou não

 

Luís Carlos Pileggi Costa
Enviado por Luís Carlos Pileggi Costa em 26/11/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários