Escravo das Paixões
Humano, demasiado humano
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Não tenho Tinder

Quando o domingo chegar
Quando a solidão vier
Aquela angustia bater
Aquele vazio encontrar
Quando o desejo bater
E o tédio te enfeitiçar
Lembre-se sempre de mim
Mas decline de me ligar
Pois não estou disponível
Não estou no tinder
Não estou no face
Não estou na pista
Estou curando feridas
Estou cultivando flores
Estou arando a terra
Para novos amores
Ei de se feliz
Quando o desejo bater
Se não for de alma
Evite me procurar
Não estou no tinder
Não estou no face
Não estou na pista
Luís Carlos Pileggi Costa
Enviado por Luís Carlos Pileggi Costa em 25/07/2021
Comentários