Escravo das Paixões
Humano, demasiado humano
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Vulneráveis sp
Anjos por todos os lados
São Paulo reduto das asas
Até escuto o rufar
Biblioteca de Berlin
Win Wenders não sabia
Que as asas do desejo
Batem nesse lugar
Se disfarçam de mendigos
Dormem nas ruas do centro
São negros anjos
Que decidiram pular
Escolheram as cores da vida
Escolheram as dores da vida
Escolheram viver e morrer
Trapezistas etéreos
Meu anjo particular
Perdeu as asas
Para comigo voar
Luís Carlos Pileggi Costa
Enviado por Luís Carlos Pileggi Costa em 15/07/2021
Comentários