Escravo das Paixões
Humano, demasiado humano
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Anjos do Centro de SP
São anjos disfarçados
Não são mendigos ou pedintes
Se disfarçam sob as pontes
Pedintes sob viadutos
São nobres reis e rainhas
Eu os reconheço no olhar
Não me enganam mais
Príncipes e princesas da noite
Recebo a todos em meus braços
Wenders morou em São Paulo
Anjos de olhar preto em branco
Cujas asas permitem voar
Anjo Vitória fica aqui
Praça da Sé fica lá
Eu sigo a linha do muro
Acompanho Lola a correr
Asas que desejo encontrar
Luís Carlos Pileggi Costa
Enviado por Luís Carlos Pileggi Costa em 09/12/2020
Comentários