Escravo das Paixões
Humano, demasiado humano
Capa Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
A magia entre nós
Eu estou voando alto
Planando sob o infinito azul
Entre nuvens úmidas
Sobre um tapete verde cintilante
Ha tanta beleza no mundo
Por vezes sinto não suportar
Insuportável beleza!
Faltam olhos para alcançar
Falta intelecto pra assimilar
Outro rumo passo a tomar
Agora meu destino é o mar
Sobre ele passo a flutuar
E vejo golfinhos a pular
Tartarugas verdes a nadar
A beleza não cabe em si
Ela transcende insuportavelmente
O acervo de palavras que já li
Me delicio ao sabor do vento
Deixo a corrente de ar quente
Para qualquer canto me levar
Rosa dos ventos rainha me leva
Na cadencia de seu sobro vou pairar
Fecho os olhos em queda livre
Brinco e volto a voar
Capelo Gaivota dos trópicos
O acaso me leva a outros céus
Vejo telhados e copas de árvores
Entre elas um ponto dourado
Cabelos cacheados sob o sol
Rosa dos ventos guia etérea
Ela colhe frutas no pomar
E apanha flores no roseiral
Rainha das brisas e tufões
Peço licença para pousar
Mergulho sutra abissal
Me encontro aos poucos na descida
Até os pés no chão cravar
Amada senhora das tempestades
Agora tenho frutas a colher
E a colhedora de rosas a acompanhar
Há tanta beleza no mundo
Porém hoje passo a suportar
Pois havia magia em mim
Agora ha magia em nós
Luís Carlos Pileggi Costa
Enviado por Luís Carlos Pileggi Costa em 04/12/2020
Comentários